Jogos de Palavras

http://3.bp.blogspot.com/-18Yu3v4zbJI/T_YF6sXm6GI/AAAAAAAABoQ/ejVZMFuu6z8/s1600/imagem+2.jpg

Myriam Valentina

Myriam Valentina

Musique


sábado, 5 de dezembro de 2009





De manhã a mulher acordada
Chorava sua sina
Esculpida na solidão humana
De um existir sem esperança

O arquiteto do destino
Já não se importava
Se para ela se passavam noites e dias
Num caminhar moroso de desalentos

O relógio corria como vento
Sem dar importância aquela vida
Creptada em chamas de feridas abertas
Estabelecendo uma hierarquia de idades

Destino traçado no mapa
De memórias e experiências
Fotografia amarelada pelo tempo
Estancado numa brevidade nua

((Myriam Valentina))




Nenhum comentário:

Seguidores